Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Paróquia hoje:
Voz do Pastor › 08/02/2014

Um coração missionário

Missão é uma palavra que existe em qualquer empresa. Todas as empresas definem a própria missão a ser realizada, definem seus valores e sua visão. Existe a missão a ser cumprida por um funcionário, um militar e tantas outras pessoas.

Na Igreja, a palavra é antiga porque o próprio Jesus enviou os apóstolos em missão e a dimensão missionária das comunidades é algo exigido nos mais recentes documentos da Igreja. Papa Francisco está dando novo impulso às comunidades para que se sintam enviadas para evangelizar. A grande missão da Igreja é evangelizar, transmitir a boa nova a todos.

Mas não existe missão se não existem corações missionários. A missão de constituir uma família, ser pai, ser mãe não acontece se o coração não se abre. A raiz da missão está dentro de cada um de nós. É descobrir que a nossa vida pode e deve ser a serviço dos outros. Na missão de seguir Jesus, descobrimos que a nossa vida se realiza na construção do Reino de Justiça e do amor. Por muito tempo nos acostumamos a receber missionários, sacerdotes, freiras e leigos, mas não pensamos que nós podemos ser missionários.

A missão não acontece de um dia para o outro: é um processo de formação que transforma o nosso coração; formar um coração missionário significa educar a abertura, a generosidade, ao altruísmo, a buscar o sentido mais profundo do nosso viver. Missão é educação para o amor: a capacidade de se doar, a valorização do outro, o desejo de repartir a nossa fé.

Este ano se anuncia como ano missionário. Começamos a missão na nossa vida, na nossa casa, com os amigos, os colegas e participamos da missão da Comunidade e da Paróquia. Madre Teresa, a grande missionária da Índia, sugere com suas palavras uma maneira simples e eficaz para viver nossa missão: “Não podemos deixar que alguém se afaste de nós sem ser melhor e mais feliz”. Valorizamos as pequenas “missões do dia a dia” nas nossas relações e em tudo que fazemos, e nos preparamos para participar da grande missão de Jesus Cristo.

Por: Padre Graciano / Paróquia SCJ – Fevereiro – 2014