Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Paróquia hoje:
Homilias em Destaque › 22/01/2014

Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo

 

Neste domingo ouvimos o evangelho de João que nos mostra o testemunho que João Batista da de Jesus. Este testemunho se refere ainda ao Batismo de Jesus, que celebramos domingo passado, e João Batista testemunha que o Espírito desceu sobre Jesus e permaneceu nele. Enquanto Jesus se aproximava de João Batista eis uma afirmação que é única em todos os evangelhos: “Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”. Esta afirmação responde a uma pergunta importante para comunidade: Quem é Jesus?

Se erramos esta resposta a nossa fé pode ser mal orientada e até nos afastar da verdade de Cristo. As respostas nos evangelhos são muitas, esta é uma das mais importantes. Jesus é o Cordeiro de Deus. Com esta imagem João Batista lembra o cordeiro da Páscoa que simbolizava a libertação do Egito. È um sinal de libertação. Para João Batista Jesus é o libertador definitivo. Aquele que nos tira da situação de escravidão. Há muitas coisas, pessoas e situações que podem nos escravizar, mesmo quando, as vezes, aparentam algo bom para nós. Jesus deseja uma vida feliz para nós e nos liberta de tudo que nos oprime e nos faz viver na tristeza. Acolher Jesus é acolher este processo que nos liberta.

Este cordeiro, tira o pecado do mundo. O pecado do mundo consiste na pretensão de viver em um mundo sem Deus, consiste no distanciamento de Deus. Com esta expressão não me refiro ao ateísmo. Refiro-me a pessoas religiosas que concretamente em seu dia a dia não aceitam a Palavra de Deus. Refiro-me ao fato que em tantas situações deixamos Deus falando sozinho e resolvemos tudo do nosso jeito, com nossas leis, nossa violência, nossa mentira, nossa corrupção, nossa arrogância, nosso materialismo que troca Deus pelos bens materiais. A fé se torna uma pratica exterior que não atinge nossos corações, nossas decisões, nosso jeito de viver. Vencemos o Pecado do Mundo, acolhendo Jesus, o cordeiro de Deus, sua Palavra, seus ensinamentos. Todos podemos errar. Isto é cometer erros, dentro de uma opção de vida cristã autentica. Mas bem diferente é quando a nossa opção de vida é contraria a Deus e sua Palavra. Ser pessoas falsas, violentas, interesseiras, materialistas, não é um erro, mas uma opção de vida errada, que precisamos mudar radicalmente para acolher Jesus e sua visão da vida. Papa Francisco comentando isso, neste domingo aos fiéis reunidos pelo Ângelus na praça São Pedro, dizia:

Acolher o Cordeiro de Deus significa trocar a maldade com a inocência, a força com o amor, a soberbia com a humildade, o prestígio com o serviço”.

Que Deus ilumine nossos corações para que possamos optar para um mundo com Deus e não construir a eterna ilusão de um mundo sem Deus.