Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Paróquia hoje:
Voz do Pastor › 10/08/2010

Despedida à Padre Romeu

Conheci padre Romeu em 1994 na minha chegada em Poços, mas nos primeiros anos não nos freqüentamos muito. Nem me lembro quando nossa amizade foi se fortalecendo. Aprendi muito com ele sobre a nossa Diocese e tantas histórias de outros padres; Romeu quando novo era religioso e sempre teve muita coerência com suas idéias; me lembro quando ainda antes do Concilio Vaticano II foi expulso  do Colégio da congregação por causa das aulas de Geografia que haviam causado muitos questionamentos; o superior pediu pra ele voltar atrás, mas jamais Romeu voltava atrás das suas convicções. Muitas pessoas consideravam Romeu um padre bravo, severo e que não mandava dizer as coisas, mas falava sempre na hora o que achava certo.

Eu aprendi com ele que atrás da “casca” o ser humano se revela sempre como alguém muito bom. Realmente Romeu me deu exemplo de um bom amigo, de um bom sacerdote, de uma pessoa de inteligência viva, não disposto a baratear a verdade com tanta hipocrisia; com Romeu não havia jeitinho: as coisas ou eram ou não eram.

Um ano atrás me revelou o diagnostico que havia recebido e que lhe restavam  poucos meses de vida. Em nenhum momento senti  que ele tivesse medo da morte; sempre me disse que se essa era a sua hora, tinha que se preparar para ir na casa do Pai. Chegamos a falar e comentar sobre isso sem a menor dificuldade, como se fosse o assunto comum falar da própria despedida da terra. Em maio fomos a Lourdes e realmente passamos momentos de Fé perto de Nossa Senhora e daquela gruta onde ela se manifestou a Bernadete. O clima dentro o espaço do Santuário era realmente de oração e havia muitos doentes em cadeira de roda, inclusive crianças. Romeu me confessou que foram dois dias maravilhosos pra ele e imagino como se entregou nas mãos de Maria.

Eu acho que foi Maria mesmo que veio buscá-lo no sono. Espero nunca esquecer o que Romeu me ensinou com suas atitudes, ver a morte como a viagem que nos leva para casa do Pai.

PS. Romeu perdoa se te lembrei com esse texto tão simples, não precisa ficar bravo la no céu, não escandaliza os anjos…!
Sei que sua vida foi muito mais do que isso, mas foi apenas uma maneira de te lembrar.
Reza por nós e intercede para que a nossa vida seja mais coerente com o Evangelho de Jesus.
Teu amigo pra sempre, Graciano.