Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Paróquia hoje:
Homilias em Destaque › 26/07/2011

Descobrir o Reino de Deus – XVII Domingo Tempo Comum

 

Neste domingo, Jesus continua falando para nós em parábolas; hoje nos fala sobre o Reino de Deus que é como um campo onde um homem encontra um tesouro. Ele vai e vende tudo que tem para comprar aquele campo e ficar assim com o tesouro. O Reino de Deus é como uma pérola de grande valor descoberta por um comerciante. Estas palavras simples de Jesus trazem uma verdade clara: precisamos colocar Deus em primeiro lugar na nossa vida. Mas a parábola de Jesus revela também um detalhe interessante. Assim como o campo do tesouro e a pérola de grande valor, o Reino de Deus precisa ser uma descoberta. Essa descoberta está dentro de nós, porque fomos criados à imagem de Deus, e a semente do Reino está no nosso coração. Portanto precisamos descobrir que nós somos muito mais do que pensamos. Podemos amar muito mais do que fizemos até hoje. Isso significa que é preciso encontrar o tesouro que é Deus dentro de nós. Se quisermos, podemos amar como o próprio Jesus! Não é fácil, mas o segredo está nisso, acreditar que podemos.

Esse é o grande tesouro da vida, descobrirmos como filhos amados do Pai e viver de consequência. Outro detalhe revelado nestas pequenas e simples parábolas de Jesus é que o Reino de Deus é uma decisão. Já falamos que o Reino de Deus está no coração do homem. Como o homem que vendeu tudo para comprar o campo do tesouro, assim nós precisamos tomar a decisão de seguir Jesus e seus ensinamentos. As coisas não caem do céu, não acontecem como uma mágica. Se quisermos a paz na nossa família, não precisamos ficar esperando que isso aconteça. Precisamos tomar a decisão de construir a paz na nossa casa, parando de brigar, de discutir e assumindo novas e melhores atitudes. Se alguém que eu conheço, está passando necessidade, preciso tomar a decisão de ajudar, de fazer algo. E assimem tudo. Aprendemosportanto a DESCOBRIR E DECIDIR para que o Reino de Deus aconteça na nossa consciência, nas nossas famílias, na comunidade e neste mundo, que cada dia mais precisa de paz e de um sentido maior para sua existência.