Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Paróquia hoje:
Destaques › 18/01/2012

”Não podemos duvidar do protagonismo que a juventude leva no coração”

 

Na alegria de ter acolhido jovens de todos os Estados do Brasil, realizando o 10º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude (ENPJ) em Maringá, no Paraná, o arcebispo metropolitano da cidade, dom Anuar Battisti, escreveu um artigo agradecendo imensamente a Deus e à juventude que fez e faz a diferença e aproveitou para falar sobre a importância do protagonismo jovem.

O prelado inicia afirmando que o ENPJ foi uma oportunidade única para dinamizar, conscientizar e entusiasmar os jovens na missão de evangelizar. Para ele, durante os dias do encontro o objetivo foi reacender o fogo da missão de jovens protagonistas de um novo modo de ser, no mundo e na Igreja. “Fiquei impressionado com a disposição e a garra de todos. Posso dizer que foi um marco referencial na ação evangelizadora dos jovens marcada pela mística evangélica, pela reflexão e partilha, pela amizade e a ousadia de amar sem medida”, salientou.

Dom anuar lembrou que, inspirados pela luz da Palavra de Deus: “tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim”, os jovens foram envolvidos desde as suas dioceses na dinâmica de dar a vida, não importando as distâncias, o cansaço, as acomodações, o alimento diferente e o espaço restrito. “O que ficou marcado pelos jovens foi a alegre adesão em construir juntos a dinâmica de cada dia”, disse o arcebispo, que ainda destacou que essa marca da disponibilidade, do desprendimento, do lançar-se no desconhecido e fazer o protagonismo foi vivenciada na visita missionária realizada em doze paróquias durante um dia todo.

Segundo dom Anuar, essa experiência missionária de enfrentar o desafio do desconhecido para criar relacionamentos novos, de anunciar uma boa notícia, também foi vivenciada por ele no início do mês, quando conheceu o projeto “Jesus no Litoral”, realizado por 450 jovens do Paraná. O arcebispo explicou que, enviados dois a dois, os grupos abordavam as pessoas na praia, falavam da experiência que tiveram com Jesus, proclamavam em poucos minutos o projeto de salvação e convidavam a orar e seguir os caminhos do Mestre.

“Que encantadora ousadia de nossa juventude! Que força transformadora impressionante! Que coragem de falar e gritar a todos o amor de Deus! Essas iniciativas só podem ser coisas de Deus, que age no coração desta juventude ousada e cheia de iniciativa. Não podemos duvidar da força evangelizadora, do protagonismo que a juventude leva no coração”, enfatizou.

Por fim, o prelado avaliou que é preciso confiar mais, acreditar mais, abrir espaço, dar voz e vez aos jovens na Igreja e na sociedade. Ele afirmou que o mundo não está perdido, que os jovens não estão perdidos, e que existe muita gente querendo e dando a vida por um mundo novo. A ação de Deus, conforme dom Anuar, acontece fora dos esquemas preestabelecidos, das fórmulas e preceitos, dos programas e projetos que pensamos ser os únicos válidos para evangelizar.

“Tanto o 10º ENPJ como o Projeto de Jesus no Litoral foram sinais visíveis da manifestação do Espírito Santo agindo nos corações dos jovens. A missão continua. O protagonismo acontece nas mais variadas realidades de nosso País. É preciso ousar, não sozinhos. Queridos jovens, na ciranda da vida, nossa missão é amar sem medida”, concluiu.

Tags: