Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Homilias em Destaque › 02/04/2017

Vº Dom da Quaresma – “Saia para Fora!”

A grande verdade di hoje é a escolha entre viver ou morrer. Sendo que a morte que preocupa Deus não é  a morte natural. Deus se preocupa com a morte que pode acontecer agora, pois estamos vivos, mas podemos viver como mortos. Morrer sim, mas como viventes e não como insignificantes. Jesus chega a Betânia com a sua decisão: fazer viver o amigo sendo disposto a morrer para ele. Este é o milagre que marca o fim de Jesus. Lazaro o amigo de Jesus é também você, somos nós, todos os seus discípulos. Jesus é disposto a morrer para nos dar a vida, mas aquela vera, não aquela que pode acabar por um pequeno acidente.

Para entender isto precisa conhecer o contexto no qual acontece o milagre de Lazaro. Ele havia adoecido e as irmãs mandaram chamar Jesus. Maria era aquela que havia ungido Jesus com perfume. Os três eram amigos de Jesus, moravam em Betânia perto de Jerusalém, distante apenas seis quilômetros. Quando Jesus decide de ir os discípulos o contestam “agora a pouco queriam te apedrejar e vais de novo..?”. Jesus, porém não desiste e vai para Betânia ressuscitar o seu amigo Lazaro. Depois disso alguns dos presentes foram até os fariseus contar o que havia acontecido. O Conselho deles reuniu, Caifás falou a frase famosa “é melhor que um só morra para todos”. A partir desse dia as autoridades decidiram de matar Jesus. Por isso Jesus não andava mais em publico e ficava escondido numa cidadezinha chamada Efraim. Os fariseus abaixaram uma ordem dizendo que quem visse Jesus devia denunciá-lo para que o pudessem prender. Jesus, porém volta em Betânia e vai jantar na casa do Lazaro e muitos iam a Betânia para ver Jesus, mas também o Lazaro que havia ressuscitado e então os chefes decidiram matar também Lazaro porque por sua casa muitos acreditavam em Jesus. E depois disso 5 dias antes da páscoa Jesus é recebido com “hosanas” em Jerusalém pelo povo e os fariseus ficam se acusando um ao outro porque não conseguiam parar a fama de Jesus.

Este resumo faz entender muito bem que quando Jesus foi para Betânia para “acordar Lazaro”, como ele mesmo  disse, estava consciente que o milagre que ia fazer com Lazaro is ser a sua condenação definitiva. Foi o momento no qual Jesus percebeu claramente que a sua luta contra os fariseus ia terminar com a sua morte. O sinal realizado na ressurreição de Lazaro, o sétimo sinal no evangelho de João, o mais perfeito, anuncia que Jesus vai dar sua vida por amor, para nos dar a vida como fez com Lazaro. A vida do Lazaro foi o preço da morte de Jesus.

Quando Jesus chega a Betânia Marta foi ao encontro dele: Senhor se estivesses aqui meu irmão não teria morrido. Marta nos representou muito bem com sua queixa, mas a ela e a todos nós precisamos responder: Não é verdade Marta, mesmo que Jesus estivesse presente Lazaro teria morrido! Bem provável que Jesus não teria impedido a sua morte. Ainda hoje continuamos duvidando de Jesus. Temos que nos convencer que o sofrimento, o luto, a doença vão acontecer na nossa vida. Muitas vezes parece que  somos nós que queremos ensinar a Deus o que Ele precisa fazer para ser Deus. Precisamos acreditar que a vida não é bendita porque não nos acontece nada de triste, mas é bendita porque carrega em si a semente da ressurreição, da vida eterna.

Jesus manda chamar Maria: levanta o Mestre esta aqui é te chama. Como dizer venha Maria não fique parada na sua dor, não fique cultivando a sua dor, não fique presa na sua dor: levanta o Mestre te chama. Mas acontece uma coisa extraordinária: quando Maria repete a mesma queixa de Marta, Jesus reage chorando. Parece que naquele momento Jesus percebeu quanto a morte nos causa dor, e como é grande esta dor. Jesus explode em lagrimas, Deus chora conosco. Não consigo pensar que Deus seja um Deus imutável, acho que sente conosco e chora toda vez que inocentes são mortos, famintos são abandonados, crianças são traficadas, e a lista dos prantos de Deus seria grande. Acho que um homem nunca chora sozinho, porque Deus está chorando com ele.

Enfim: Lazaro saia para fora. Isto mesmo precisamos sair dos nossos túmulos, precisamos deixar para trás tudo que nos segura dentro de um tumulo de uma vida sem amor e de  tristeza. Quanta vida jogada fora, presa em sentimentos que nos amarram e travam a nossa vida.

Tags:

Deixe o seu comentário