Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Paróquia hoje:
Ministério dos acólitos

Ministério dos acólitos

Pequeno grupo formado por meninos e meninas, com idade a partir de 12 anos. Tem por trabalho, servir no altar, juntamente com ministros e coroinhas. A palavra acólito vem do verbo acolitar, que significa acompanhar no caminho. Dado que se pode acompanhar alguém indo à frente, ao lado ou atrás de outras pessoas. Acólito é aquele ou aquela que, na celebração da liturgia, precede, vai ao lado ou segue outras pessoas, para servi-las e ajudá-las.

Quem é que o acólito acompanha e serve? Em primeiro lugar, acompanha e serve o presidente da celebração da missa, que tanto pode ser o bispo como o presbítero; em segundo lugar acompanha e serve o diácono, o ministro extraordinário da comunhão, ou outras pessoas que precisam ser ajudadas durante a celebração. Noutras celebrações, acompanha e serve as pessoas responsáveis por essas mesmas celebrações.

Podemos então dizer que o acólito, desde o princípio até ao fim da missa, acompanha, ajuda e serve o próprio Jesus. Ele não o vê com os seus olhos; mas a fé ensina-o. Um verdadeiro acólito vai descobrindo isto cada vez mais. Se um acólito não o descobre, corre o risco de se cansar de ser acólito. Mas se o descobre e acredita nisso, então vai desejar sempre ser escolhido para acólito, em cada domingo.

Acólitos Instituídos

São acólitos instituídos, aqueles rapazes que o Bispo tendo reconhecido neles o chamado ao sacerdócio, passam pelas etapas que preparam a ordenação diaconal e sacerdotal. Estas etapas são uma introdução aos Ministérios, Leitorado e Acolitado. Podem ser acólitos instituídos também homens casados, que são chamados ao Diaconato Permanente.

Acólitos não instituídos

Os acólitos não instituídos são em muito maior número do que os instituídos. São aqueles que  conhecemos melhor, porque os vemos todos os domingos a servir na missa, nas nossas paróquias. Eles podem ser rapazes ou moças. Quem os chama para serem acólitos, é o pároco de cada paróquia e não o bispo da diocese. Esse chamamento é precedido duma preparação. O Curso para Acólitos tem por fim ajudar a fazer essa preparação.

Juntamente com o curso, é muito importante praticar o serviço de acólito, procurando fazê-lo cada domingo com maior perfeição e atenção, mas sobretudo, com muito espírito de fé. Podemos dizer que Jesus foi o primeiro de todos os acólitos, pois disse um dia estas palavras: Eu estou no meio de vós como quem serve.,Ora, o acólito, quer seja instituído, quer seja não instituído, é e deve ser cada vez mais, um rapaz ou uma moça que gostam de servir a Deus e aos seus irmãos na vida, a começar pelos que moram em sua casa e com os que com eles convivem mais de perto, e também na liturgia.

Os Acólitos não instituídos executam as seguintes tarefas: carregar a Cruz Processional, no início e fim da celebração;,levar o Missal até o padre na hora das orações; administrar o turíbulo quando usado; ajudar o sacerdote na preparação do altar e na sua limpeza.

Como posso ser acólito na Paróquia Sagrado Coração de Jesus?
Adolescentes (meninos e meninas) a partir de 12 anos, que queiram servir o altar, podem contatar a coordenação para serem orientados. Participar do curso e manter os compromissos assumidos.
Encontros da Pastoral:
Quinzenalmente aos sábados, das 16h às 17h.O intuito dos encontros é fortalecer a unidade do grupo e rezar.
Coordenador:
Agda Maria Henrique Liz.
E-mail de contato:
acolitos@scjpocos.com