Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Paróquia hoje:
Destaques › 04/06/2014

Recorda-se hoje Dia Mundial das Crianças Vítimas de Agressão

 

Recorda-se nesta quarta-feira, 4, o Dia Mundial das Crianças Vítimas de Agressão, criado pela ONU. A problemática da violência contra crianças está entre as preocupações do Papa Francisco, que em diversas ocasiões deixou alerta para que se tenha maior atenção aos pequeninos.

“Com as crianças não se brinca! Nos dias de hoje, é importante levar adiante os projetos contra o trabalho escravo, contra o recrutamento das crianças-soldados e contra todo tipo de violência sobre os menores”. A fala do Pontífice fez parte de um discurso seu no início de abril deste ano, à delegação do Escritório Internacional Católico da Infância.

Às vésperas da Copa do Mundo, grande tem sido no Brasil a preocupação com o abuso de menores e o tráfico humano, o que tem gerado várias iniciativas para combater tais práticas. No mês passado, a Unicef lançou uma campanha e o aplicativo de celular “Proteja Brasil”, que integra o Programa de Proteção de Crianças e Adolescentes para o Mundial, no sentido de auxiliar a denúncia de abusos contra menores. A partir da localização geográfica do aparelho, o aplicativo sugere telefones e endereços de delegacias, conselhos tutelares e organizações assistenciais das principais cidades brasileiras.

No Brasil, há o canal de denúncia Disque 100. No ano passado, mais de 124 mil denúncias foram recebidas, o que significa cerca de 14 casos de violência registrados por hora.

Além disso, a Igreja Católica no país também tem se mobilizado. No início do ano, a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) em parceria com a Rede “Um grito pela Vida” lançou a Campanha “Jogue a favor da vida”, que busca prevenir o tráfico de pessoas e a exploração sexual no país, crimes que atingem também as crianças.

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano

– See more at: http://noticiascatolicas.com.br/recorda-se-hoje-dia-mundial-das-criancas-vitimas-de-agressao.html#sthash.VTQSCfD1.dpuf

Deixe o seu comentário