Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Paróquia hoje:
Homilias em Destaque › 30/04/2018

Permanecei em mim- Homilia do 5º domingo da Páscoa

Somos discípulos de Cristo e assim temos que sempre estarmos com Ele seguindo seus passos e ensinamentos. Assim, o Evangelho do 5º Domingo da Páscoa convida a refletir sobre a nossa união a Cristo e diz-nos que só unidos a Cristo temos acesso à vida verdadeira, além de apresentar Jesus como “a verdadeira videira” que dá os frutos bons que Deus espera e convida os discípulos a permanecerem unidos a Cristo, pois é d’Ele que eles recebem a vida plena. Se permanecerem em Cristo, os discípulos serão verdadeiras testemunhas no meio dos homens da vida e do amor de Deus.

Para ilustrar a essa mensagem Jesus usa dessa parábola da videira. Eu sou a videira e vós os ramos, diz Jesus. Permanecer no Cristo é como o ramo que está ligado ao tronco. Assim nutre da seiva e produz frutos. Se o ramo se separa do tronco, ele seca e somente serve para ser queimado.

O que é permanecer em Cristo? É ouvir sua Palavra e cumprir seus mandamentos. Como Jesus é enviado pelo Pai e cumpre sua vontade, assim Cristo envia seus discípulos a cumprir seus mandamentos: “Amai-vos uns aos outros assim como eu vos amei”. Este mandamento que Cristo nos deixa antes de se entregar na cruz. Obedecer a essa palavra é sinal de estar com Cristo.

Mas infelizmente muitas nos afastamos de Cristo, e, como o ramo longe do tronco, secamos e não damos frutos. O que é que pode interromper a nossa união com Cristo e tornar-nos ramos secos e estéreis? Tudo aquilo que nos impede de responder positivamente ao desafio de Jesus no sentido do O seguir provoca em nós esterilidade e privação de vida… Quando conduzimos a nossa vida por caminhos de egoísmo, de ódio, de injustiça, dizemos não a Jesus. Para que não nos tornemos “ramos” secos, é preciso renovarmos cada dia o nosso “sim” a Jesus e às suas propostas.

A luz de Jesus e a sua vida tem muitas formas de manifestar-se e de fazer-se presente. É uma questão de confiança em Deus e de entregar a Ele nossa vida; a confiança de que em Jesus e com Jesus, o Senhor, encontraremos a vida verdadeira que procuramos. Por isso, permaneçamos sempre no Senhor e Ele também permanecerá em nós.

Padre Lucas Muniz

Paróquia Sagrado Coração de Jesus

Poços de Caldas-MG | Diocese de Guaxupé

Deixe o seu comentário