Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

A Pastoral e suas Dimensões

Para o melhor funcionamento da organização pastoral, todo o trabalho foi resumido em 4 dimensões, que representam as exigências da evangelização. A exigência do Testemunho de Comunhão corresponde à dimensão COMUNHÃO E FORMAÇÃO. A exigência Diálogo e anúncio correspondem à dimensão da MISSÃO. A exigência do Serviço corresponde à dimensão TRANSFORMADORA. A vida litúrgica e as celebrações correspondem à dimensão LITURGIA.

Cada pastoral, movimento ou ministério se encaixa em uma destas dimensões, porque atende as exigências típicas daquela dimensão.

Dimensão Comunhão e Formação

Esta dimensão atende as necessidades internas de uma paróquia, para que a sua liderança viva o testemunho da comunhão. Isso só pode acontecer, se forem vencidas todas as tentações e os erros típicos de uma comunidade: divisão, espírito de competição, falta de amor e perdão, o fenômeno das “panelinhas”, a grande contradição de não viver o que se ensina. Com a formação permanente dos agentes de pastoral e de toda liderança, procura-se o crescimento de todos para uma real vivência do amor fraterno (ágape) na paróquia.

Fazem parte desta dimensão:

Catequese Infantil
Catequese da Crisma
Catequese com Adultos
Pastoral do Batismo
Pastoral dos Noivos
Grupo de Jovens Coração Sagrado 
Encontro de Casais com Cristo
Formação Teológica para Leigos
Encontros de Espiritualidade

Dimensão Missionária

Esta dimensão da ação pastoral da Igreja faz com que o espírito de enviados a evangelizar a todos permaneça sempre vivo e atento. A Igreja Católica no Brasil tem cerca de 70% de não praticantes. Não podemos nos preocupar apenas com uma pastoral de manutenção, cuidando daqueles 30% que de alguma forma procuram a Igreja para missas, batizados, casamentos, catequese, etc.. Precisamos ir ao encontro de quem não nos procura, com atividades pastorais específicas de missão. Além disso temos também a obrigação de ajudar comunidades menos favorecidas como as da nossa igreja irmã, na Diocese de Bragança do Pará, na cidade de Paragominas.

Fazem parte desta dimensão:

Pastoral da Comunicação – PASCOM
Mensageiros do Jornal
Legião de Maria
Movimento Mãe Rainha
Renovação Carismática

Santas Missões Populares

Dimensão Transformadora

São Tiago em suas cartas fala muito claro: “A fé sem obras é morta”. O Evangelho tem que se traduzir em obras de amor fraterno, obras de misericórdia. Evangelizar significa também lutar para instaurar a civilização do amor, e sonhar com a criação de um mundo mais justo e fraterno. Esta dimensão atende a esta força, que vem de dentro do coração de Jesus e nos leva a trabalhar concretamente, na transformação da sociedade, libertando a pessoa e a família das amarras do pecado social. Na paróquia foi criada uma Associação para desenvolver os projetos sociais inspirados no evangelho, chamada  APHAS – Associação de Promoção Humana e Ação Social, que juntamente a outros grupos paroquiais, mantém viva a chama do amor transformador no nosso meio. A paróquia Sagrado Coração destina 30% do fruto da Partilha para suas obras sociais.

Fazem parte desta dimensão:

Projetos Sociais APHAS
Pastoral da Partilha (Dízimo)
Equipe de Eventos

Dimensão Litúrgica

O que seria de uma Igreja que não procurasse o encontro com Deus. Na sagrada liturgia, o povo dos fiéis se encontra com Deus e Deus fala para o seu povo. Por isso a nossa vida, a nossa luta, os trabalhos pastorais, o trabalho humano, alegrias e dores, sucessos e fracassos… tudo precisa ser celebrado no altar da comunhão. Toda vida humana é constituída de experiências marcantes: nascer, viver, crescer, rir, sofrer, chorar, amar, morrer, etc.. Somos os únicos seres a dar razão para nossas ações. Assim sendo, é fácil entender o significado da Liturgia para nossas vidas. Ela é ação de um povo reunido, de uma assembléia. Para os cristãos esta ação é memorial festivo da vida, morte e ressurreição de Jesus e da nossa vida, morte e ressurreição em comunhão com todo o cosmos: é o universo inteiro que celebra a presença e a manifestação de Deus em seu meio. Por que celebrar? Sendo humanos temos necessidade de reafirmar nossa presença no mundo, através de sinais e datas que marcam nossa história: aniversário de nascimento, casamento, bodas, aniversário do grupo de jovens, etc. e, sempre convidamos outras pessoas para comemorar conosco. Ninguém faz festa sozinho!

“Celebrar é parte integrante da vida humana”

e o fazemos no encontro com nossos semelhantes, numa mesma fé, num mesmo desejo de louvar, pedir, agradecer e manifestar nossa adesão ao Deus de Jesus Cristo. Na liturgia é Jesus mesmo que vem se juntar a nós, na força do Espírito, para a grande e total adoração a Deus.

Fazem parte desta dimensão:

Equipe de Liturgia
Ministério das Meces (Ministros Extraordinários da Eucaristia)
Ministério dos Coroinhas
Ministério dos Acólitos
Ministério dos Leitores
Ministério dos Salmistas
Ministério da Música

Equipe Executiva do Planejamento

Para que o planejamento seja realmente realizado, existe uma equipe que auxilia o padre e que ficou conhecida com o apelido de G7, por ser formada por 7 pessoas.

Padre Graziano Cirina – Pároco
Rogério Macedo Carrilo – Animador do CPP
Maria Inês Moreira – Dimensão Comunhão e Formação
Marta Maria Souza Dore – Dimensão Liturgica
Agda Liz– Dimensão Transformadora
Moisés Ferreira– Dimensão Missão
Thalison Martins – Grupo de Jovens Coração Sagrado
Ligia Carrilo – Secretaria do G7