Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Homilias em Destaque › 23/01/2017

Homilia IIIº Dom Tempo Comum – Pescadores do bem

 

Após 30 anos de silencio na sua Nazaré Jesus inicia a sua missão perto de Cafarnaum na beira

do mar da Galiléia. Anuncia que o Reino de Deus está próximo e por isso precisa de conversão.

Nisso parece que após a morte do João Batista continua sua Missão, já que ele praticava o

Batismo de conversão. Mas logo Jesus mostra uma diferença querendo ir pelas aldeias e

pequenas cidades a anunciando a Palavra no meio do povo. Ai acontece o chamado de Pedro e

André, João e Tiago, que eram pescadores. O Chamado. Jesus da até um endereço a este

chamado: farei de vocês pescadores de homens! Ele chama a ser como ele, porque o grande

interesse de Jesus são as pessoas: não os reinos, não o poder, mas os homens, as mulheres, as

crianças: o Reino de Deus é o mundo onde o ser humano, é colocado no centro de tudo. O

reino de Deus si importa com a vida que acontece dentro de nós. È só ver a vida de Jesus: ele

tinha gestos de compaixão com os mais sofridos e realizava suas curas com leprosos, cegos,

paralíticos e possuídos. Tinha também palavras para ensinar a todos como viver melhor, como

se livrar das atitudes e sentimentos que afastam o homem da felicidade e da comunhão com

Deus. Tinha palavras para nos libertar dos males que afligem a vida dos homens. Tinha não,

ainda tem!! Porque os séculos passam, mas o ser humano sempre sofre dentro de sim, pelos

mesmos males:

Porque é do interior do coração dos homens que procedem os maus pensamentos: devassidões,

roubos, assassinatos, adultérios, cobiças, perversidades, fraudes, desonestidade, inveja, difamação,

orgulho e insensatez. (Mc 7,21-22)

Só pensando na nossa vida a gente percebe que são sempre os mesmos males que afligem a

nossa vida, que acabam com a nossa vida. Claro que em cada tempo e cultura esses males do

ser humano adquirem uma maneira diferente de se manifestar, mas são sempre os mesmos.

Por isso os pescadores da Galiléia são chamados a pescar homens, isto é a ajudar os homens a

encontrar o sentido verdadeiro de sua vida se livrando de toda maldade que o nosso coração

pode produzir. Não vamos nos iludir que essa é uma função de poucos, porque todos somos

chamados a vencer o mal e ajudar  o nosso próximo a fazer o mesmo. Para Jesus esta vitória

sobre o mal só se da praticando o bem, aprendendo a ter os bons sentimentos que nos levam

a agir bem. A injustiça se vence com a justiça. A violência se vence com a paz. A vingança com

o perdão e assim em diante. Cabe a nós tirar estas palavras da teoria e colocá-las

decididamente em pratica. Jesus nunca foi um teórico, mostrou que as mudanças verdadeiras

só nascem de comportamentos novos.

 

Tags:

Deixe o seu comentário