Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Eu sou o pão da vida!- Homilia do 18º domingo do tempo comum- Pe Lucas

Neste domingo, Jesus faz uma catequese a nós sobre o pão da vida que é ele mesmo. Jesus realiza o “sinal do pão”, o verdadeiro milagre da partilha. Aqueles que possuem devem colocar o que possuem a favor daqueles que nada tem.

A multidão saciada sua fome, busca Jesus para novamente ter sua fome saciada. E faze três perguntas para Jesus que são o mote para a sua catequese. Primeiro perguntam: “rabi, quando chegaste aqui?”. Reconhecem Jesus como Mestre ao ser chamado de rabi. Mas o buscam não pela sua sabedoria ou pelos seus ensinamentos, mas porque querem mais pão para sua fome. Jesus aproveita para dizer que temos que dar prioridade às coisas que não passam ao verdadeiro alimento que é a Palavra de Deus.

A segunda pergunta é: “que devemos fazer para realizar as obras de Deus?”. E Jesus responde diretamente que a “obra de Deus é que acrediteis naquele que ele enviou”. Isso significa acreditar em Jesus, crer em suas palavras e seus ensinamentos, não porque ele alimentou a multidão com pão, mas porque sua palavra é o pão que dá a vida a quem nele crê. Crer em Jesus, aquele que Deus enviou, significa realizar aquilo que ele fez.

A terceira pergunta é “qual o sinal que realizas, para que possamos ver e crer em ti?”. Ainda não compreenderam o sinal do pão. Estão presos no pão material enquanto Jesus ensina que Ele é o pão da vida que nos alimenta. Nem só de pão vive o homem, mas de toda a palavra da boca de Deus, já havia dito Jesus. E agora ele explica que o verdadeiro pão do céu é ele mesmo, que verdadeiramente alimenta para a vida, a vida eterna.

A eucaristia é o corpo e sangue de Cristo, o pão que repartimos que nos dá a vida. Receber a Eucaristia é mais do que comer do pão. É participar da vida de Cristo. Só pode recebê-la de verdade aqueles que querem se comprometer com ele, que querem em sua vida viver a vida de Cristo. Fora disso estamos apenas vivendo um engano a nós mesmos.

 

Padre Lucas Muniz

Paróquia Sagrado Coração de Jesus

Poços de Caldas- MG | Diocese de Guaxupé

Deixe o seu comentário