Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Homilias em Destaque › 07/05/2018

Amai-vos uns aos outros: dar a vida por amor- Homilia Pe Graciano- 6º Domingo da Páscoa

Continuando o evangelho da semana passada, que nos convida a permanecer unidos a videira, viver da mesma vida da videira que é Deus, a sua luz, o seu ser infinito, ser de amor, hoje Jesus manifesta plenamente a sua proposta aos discípulos, o mandamento novo: Amai-vos uns aos outros!

Mais uma vez precisamos então mergulhar neste Deus de amor. Se, porém, não temos dúvidas sobre o mandamento de Jesus, temos muitas dúvidas sobre o amor, o que é amar, o que não é amar. Ficamos perdidos quando se fala de amor, confundimos muito as coisas. Confundimos o amor com algo muito interesseiro, algo que dá retorno. Na verdade buscamos muito mais ser amados e não amar. Deus não nos ama em troca do nosso amor, Deus nos ama porque assim Ele é. Confundimos o amor com desejos, paixão, posse, domínio, enfatuação, sentimentos passageiros, sedução.

Jesus que nos conhece por dentro nos convida a viver o amor recíproco, a nos amar uns aos outros, porque não tem maior amor daquele que dá a vida pelos seus amigos. DAR é a palavra que explica o amor na mente de Jesus. DAR ou DOAR é a mais alta expressão do amor. DAR é o que faz do amor uma força ativa. DAR é característica do amor que cura, que transforma, que se torna, real, afetivo, verdadeiro. Mas DAR o que? DAR tudo que somos: nosso cuidado, afeto, nossa atenção, nossos carinhos, nossa gentileza, nossos sonhos, nossas forças, nossos meios, nossa alegria, nossa sinceridade, nossa fé. DAR é fazer de si mesmo um DOM para o outro. Jesus nos convida a viver assim entre nós para que a nossa alegria seja plena.

Um bispo italiano muito ligado aos pobres, Dom Toninho Bello, dizia que o contrário de amar é armar. Armamos nossa vida, usando armas como a indiferença, a mentira, a vaidade. Muito mais que nos amar uns aos outros nos defendemos uns dos outros. A desconfiança toma conta da nossa vida e nos afasta dos demais. Jesus nos convida a sermos a comunidade que vence a desconfiança e vive o amor recíproco, alegria de nos doar uns aos outros.

É neste esforço de DAR que a nossa visão muda, é que enxergamos a riqueza dos outros, a beleza de cada um com seus defeitos e suas graças.

Me sinto agraciado em te conhecer, em viver ao seu lado. Esse é o grande sinal de Deus para o mundo: comunidades que se amam, comunidades unidas. O mandamento de Jesus é a eterna novidade para o mundo.

Eu amo profundamente a expressão de um grande filósofo do século passado Erich Fromm, que diz que o amor é uma força que produz amor. Por isso nós que nos sentimos amados por Deus sentimos vontade de amar como somo amados por Ele. Quem não se sente amado por Deus nunca vai entender porque Jesus nos deu o mandamento novo “Amai-vos uns aos outros, como eu vos amo, como o Pai me ama.”

Padre Graciano Cirina

Paróquia Sagrado Coração de Jesus

Poços de Caldas-MG | Diocese de Guaxupé

Deixe o seu comentário