Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Voz do Pastor › 30/01/2015

Agradecer e esperar

Hoje quero apenas dedicar um pensamento ao ano que foi e um àquele que vem!

A palavra que digo para o 2014 é Obrigado.

Agradecer a Deus que nos dá muito mais do que reconhecemos.

Cada vez mais encontramos pessoas que se sentem donas de tudo: quanta ilusão! A nossa vida é um dom e por isso deveríamos reconhecer e agradecer.

Agradecer ao nosso próximo. Quanto bem e amor recebemos: atenção e carinho, companhia e ajuda sincera. Sem o próximo, feito como nós à imagem e semelhança de Deus, não teria vida, não teria família, amizade,.enfim, faltaria a alegria de viver.

Agradecemos e muito pelo próximo, que antes era desconhecido e hoje podemos chamar de amigo(a), irmão(a).

Tem muitas coisas de 2014 que gostaríamos de cancelar. Nem tudo que vem do nosso próximo é bom, como também nem tudo que damos ao nosso próximo é bom. Mesmo nas coisas mais negativas, aprendemos algo.

Que o sofrimento que passamos deixe em nós mais sabedoria de quem conhece a vida por dentro e não pela superfície. Guardamos o que aprendemos e não guardamos o que faz adoecer o nosso coração. Deixamos aqui e agora as feridas, as mágoas, as ofensas, a falta de amor. Não carregamos, para 2015, pedras que endurecem o nosso coração, até torná-lo de pedra. Vamos começar 2015 com um coração de carne.

A palavra que digo para 2015 é profundamente cristã: esperança. Sem ela não tem como viver nossa fé e nem o amor.

As três virtudes Fé, Esperança e Caridade, andam juntas. Digo esperança porque acreditamos que Deus continua sua obra e porque podemos imaginar algo diferente e algo novo. Significa desejar melhorar as coisas, significa sair de si mesmo e tornar-nos disponíveis para a vida de todos. A nossa esperança não é ilusão, e nem algo mágico. A esperança é fundamentada no nosso esforço, assim como um doente que se aplica totalmente numa terapia, espera a sua cura; assim como um atleta que treina intensamente espera ser

campeão.

Nada é deixado ao acaso. A nossa esperança é uma grande parceria com Deus onde cada um faz a sua parte. Por isso, a melhor novidade de 2015, que não depende da política, nem da economia, nem de qualquer outra instituição…, a melhor novidade pode ser EU. Se eu quiser, e com a ajuda de Deus, posso ser bem melhor do que 2014, e por isso posso fazer tudo melhor,

posso dar mais amor, mais mansidão, mais fraternidade, mais solidariedade. Acreditemos com fé, que se seremos melhores, e o mundo será melhor.

Não vejo outra maneira: PARA QUE NOSSA PALAVRA NÃO SEJA VAZIA de desejar a todos FELIZ ANO NOVO!!

Deixe o seu comentário