Paróquia
Sagrado Coração de Jesus

Poços de caldas - mg | Diocese de guaxupé

Voz do Pastor › 11/03/2015

A missão é aquilo que o amor não pode calar

 

O Papa Francisco promove para o mundo inteiro a iniciativa chamada “24 horas para o Senhor”, que vai acontecer em Roma e em todos os lugares do mundo onde Dioceses e paróquias são chamadas a abraçar esta iniciativa. São 24 horas de oração, adoração e conversão, celebrada com o sacramento da misericórdia , a confissão. Você pode conferir a programação acessando o site da paróquia www.sousagradosoufeliz.com

Papa Francisco  escolheu como pano de fundo deste evento o mesmo assunto que tratou na sua mensagem para a quaresma: a oração contra a globalização da indiferença. Ele mesmo resume em poucas palavras o que quer dizer com isso:

“Quando estamos bem e comodamente instalados, esquecemo-nos certamente dos outros (isto, Deus Pai nunca o faz!), não nos interessam os seus problemas, nem as tribulações e injustiças que sofrem; e, assim, o nosso coração cai na indiferença: encontrando-me relativamente bem e confortável, esqueço-me dos que não estão bem! Hoje, esta atitude egoísta de indiferença atingiu uma dimensão mundial tal que podemos falar de uma globalização da indiferença. Trata-se de um mal-estar que temos obrigação, como cristãos, de enfrentar.”

Percebemos que na indiferença o egoísmo acaba se estruturando na sociedade e nas pessoas individualmente. Madre Teresa de Calcutá dizia que o pior mal do século é a indiferença. O coração da gente se torna insensível e incapaz de ter compaixão, que é exatamente o contrário da indiferença. O papa nos convida a enfrentar este problema na Igreja, nas comunidades e paróquias, em cada um de nós.

“…cada comunidade cristã é chamada a atravessar o limiar que a põe em relação com a sociedade circundante, com os pobres e com os incrédulos. A Igreja é, por sua natureza, missionária, não fechada em si mesma, mas enviada a todos os homens. Esta missão é o paciente testemunho d’Aquele que quer conduzir ao Pai toda a realidade e todo o homem.  A missão é aquilo que o amor não pode calar.”

Muito bonita esta frase no final deste texto. A missão que abraçamos é aquilo que o amor não pode calar. E o amor não pode calar mesmo tanta injustiça e desigualdade social que existem em nosso meio. O amor não pode se calar perante todos os famintos de pão e de Deus que encontramos na nossa vida. Esta é a beleza e grandeza da nossa Missão.

Por essa razão buscando luz e força que vamos realizar “24 horas para o Senhor”, nos dias 13 e 14 de março, sexta e sábado, enriquecendo assim a nossa caminhada  da quaresma.

Padre Graciano

Deixe o seu comentário